INTERNACIONALIZAÇÃO

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

A internacionalização do Faculdade UNINTA Tianguá é o processo de introdução de uma dimensão internacional na cultura e estratégia institucionais, nas políticas de funções de ensino, pesquisa e extensão e na projeção da capacidade da instituição. 

A Política de Internacionalização consta da cooperação internacional de natureza acadêmica, visando o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural e artístico, bem como a melhoria dos processos educativos de maneira geral e, em especial, da educação superior; a contribuição diferenciada que os programas de intercâmbio discente trazem à formação do estudante, seja para aqueles que se envolvem diretamente neles, realizando parte de seu curso em outro contexto acadêmico e cultural, seja para aqueles que se beneficiam do contato com colegas oriundos de outras cidades e países.

Para tanto, compreende-se essencial suporte na transversalidade de ofertas curriculares, bem como abrangência de possibilidades mediadas pelas Tecnologias de Interação e Comunicação (TICs), considerando a mobilidade internacional e a internacionalização “at home”.

O Núcleo de Relações Internacionais tem por missão inserir o Faculdade  UNINTA Tianguá no cenário acadêmico internacional. O NRI é composto por docentes de diferentes áreas e é responsável por promover, articular, supervisionar e coordenar as ações de cooperação entre o Faculdade UNINTA Tianguá e instituições similares no exterior, incluindo relacionamento com individuais estrangeiros, bem como fomenta a captação de estudantes residentes fora do Brasil para cursarem, especialmente graduação, integral ou parcial, no Faculdade UNINTA Tianguá.

Compreende as ações que impactam a formação acadêmica com caráter internacional tais como

  • monitoramento da disciplina Communicative English presente nas matrizes curriculares de todos os cursos de forma a incentivar a adoção de uma cultura linguística internacional e a fluência em inglês (ler bem, compreender bem e falar bem);
  • indicação de um cardápio de disciplinas ou cursos com temáticas internacionais (presencial e/ou de forma remota) que os estudantes podem cursar, privilegiando a abordagem internacional dos conteúdos;
  • apoio a inserção de cursos, minicursos e experiências vividas (hard skills) nos currículos de cada estudante com conteúdos internacionais.

A mobilidade acadêmica é o processo que possibilita ao discente matriculado na Faculdade UNINTA estudar em outra Universidade, a nível nacional ou internacional, por meio da celebração de acordos de cooperação inter institucional.

Compreende uma cooperação entre Instituições de Ensino Superior, que confere aos alunos a oportunidade de complementar seus estudos e enriquecer a sua formação, tanto por meio dos componentes curriculares, como também pela experiência de entrar em contato com ambientes acadêmicos diferentes

Após a conclusão do intercâmbio, o estudante pode obter um comprovante de estudos e, ou certificado, que além de ser aproveitado ou inserido no currículo, proporcionará experiências e aprendizagem significativas para toda a vida profissional.

A Faculdade UNINTA Tianguá adota, como políticas de internacionalização, três frentes: a política Linguística Institucional; a política de Aliança Estratégica de Cooperação e política Internacional de Pesquisa e Inovação, com vistas a qualificar as suas ações e expandir o ensino, a pesquisa e a extensão por meio da cooperação com outras instituições e participação em ações e eventos internacionais.